sábado, 15 de junho de 2013

Marcha da Maconha Guarulhos

Mais um final de semana de protestos na cidade Guarulhos, desta vez pela legalização da maconha. E os maconheiros de Guarulhos não deixaram por menos. Eu cheguei um pouco atrasado, mas em tempo de registrar alguns momentos dessa polêmica marcha que é a da Maconha.
A concentração começou às 14 hs, em frente ao Fórum de Guarulhos, desceu a Rua Capitão Gabriel e seguiu pela Rua Dom Pedro II e foi da onde começou o meu registro. Logo quando cheguei, escutei uma senhora falar o seguinte: tem que prender tudo esses vagabundos. Uma frase infeliz, de acordo com o pensamento conservador da cidade, em contra partida muitos cidadãos também apoiaram a manifestação, o que deixou a marcha ainda mais divertida. Mesmo com  a presença constante da Polícia Militar, não ouve nenhum tipo de confronto com os manifestantes. Para infelicidade daqueles que queriam que os policiais descessem o porrete em todo mundo.

A Marcha da Maconha tem como objetivo principal a discussão sobre as leis de drogas no país, lutando por uma redução de danos, desvinculando a imagem do usuário com a do bandido, acabando assim com o mito de que maconheiro é marginal.



Fico muito feliz de participar desse tipo de movimento, que luta por um convívio mais humanizado.
Todos que estiveram presentes na marcha estão de parabéns, pois esse ano foi ainda maior e ganhou muito mais visibilidade. Torço para que os cidadãos guarulhenses enxerguem que a juventude de Guarulhos está se movimentando, seja a favor da legalização da maconha, lutando pelos direitos da mulher, pela redução da tarifa do ônibus ou pela participação politica. Há muitos jovens interessados em fazer politica, querendo realmente mudar a cara da cidade. Guarulhos está despertando de um sono profundo e a juventude está fazendo a sua parte indo para rua e reivindicando seus direitos. Vamos continuar lutando por saúde, transporte de qualidade, educação, segurança e transparência.
A luta é todos os dias e amanha vai ser maior.






Nenhum comentário:

Postar um comentário